22 outubro 2010

Saudosismo de "mãe"


Nicolas com Ariane, ela com Mariana e Renata, Dandara e Thais, nossa Gente do Amanhã

Quarta, 20, foi um dia especial. Eu e a psicóloga Valéria Magalhães realizamos a primeira reunião de diretoria que deu a largada no projeto Gente do Amanhã. Este projeto começou a nascer em 2006, durante as reuniões de atendimento psicológico do projeto Mães do Brasil, que teve o apoio do Criança Esperança, um projeto da TV Globo em parceria com a Unesco.

Mais animadas e fortalecidas pelo atendimento psicológico, as mães passaram a levar os filhos para a UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) onde era desenvolvido o projeto. A criançada, irmãos e irmãs de desaparecidos, se juntou com as crianças que iam sendo localizadas por nós e a convivência se deu nos moldes de uma grande família.

Para administrar o entusiasmo da garotada, começamos a fazer dinâmicas com as crianças – eu, que fui professora e atriz, inseri leituras, jogos, coral, teatrinho, entre outras atividades; e Valéria, atendimento psicológico. Fomos percebendo que, a exemplo de suas mães, as crianças sentiam necessidade de partilhar experiências e que o convívio com outras crianças que vivenciavam a mesma situação de perda que elas, tirava o sentimento de exclusão.

Ano passado, diante da insistência de Nicolas Raline, um dos jovens que frequentavam os encontros naquela época, de trabalhar como voluntário da instituição, perguntei o que achava de um projeto que atendesse as crianças. Nicolas gostou da ideia, mas achou que o projeto deveria começar atendendo aos jovens que estavam fazendo a transição para a vida adulta, começando uma vida social e profissional. Pedi que ele desenvolvesse a ideia e surgiu o projeto Gente do Amanhã, que vai promover, com o apoio da DKA-Áustria, acesso ao lazer, a cultura e ao mercado de trabalho. Vamos tentar ajudar nossos jovens a realizar seus sonhos e projetos pessoais.

Quando encontrei com Valéria comentei que naquele dia acordei com um sentimento de emoção e saudosismo. Até outro dia eles estavam correndo na UERJ e agora Nicolas, estudante de jornalismo, vai comandar um projeto para a gente que ele ajudou a idealizar. Dandara Magalhães, que era repórter "kids" do nosso portal, vai estudar jornalismo. Renata Oliveira, estudante de direito, até outro dia estava me pedindo: “Tia, me chama, para qualquer coisa que você fizer, quero participar dos projetos da ONG."

Acredito que educação é olhar para a criança, reforçar o que ela tem de bom, lapidar o que está errado e deixá-la experimentar. Esse projeto tem a alma de nossas crianças. Ou melhor, de nossos já quase adultos, de nossa Gente do Amanhã.

Se você tem de 16 a 20 anos, teve um familiar vítima de desaparecimento e deseja conhecer esse projeto, entre em contato. Empresas e instituições interessadas em conhecer o projeto e as propostas de ações que temos a oferecer aos jovens nos envie um e-mail para: gentedoamanha@portalkids.org.br

Por Wal Ferrão
wal.ferrao@portalkids.org.br

Um comentário:

Scarlat Marjoory ♥ disse...

Oiie, to te seguindo me segui tbm?
http://scarlatshow.blogspot.com/
meu nome tá sallyani