13 outubro 2011

Caminhada em São Paulo


No próximo sábado, 15 de outubro, de 10 às 13h, acontece a caminhada em memória de Miriam e Bruna Baltresca, mãe e filha mortas no dia 17/09/2011 em acidente de trânsito. O objetivo da caminhadá é pedir PAZ no trânsito; conscientizar a população dos riscos da direção irresponsável, impedir que nossos irmãos, pais e amigos entrem para a estatística assustadora do Brasil (3.000 mortes no trânsito por mês; ganhar força para mudar as leis que alimentam a impunidade no Brasil.

Os organizadores pedem que as pessoas usem trajes brancos e levam uma borboleta de papel para serem colocadas durante o percurso. Borboleta = transformação.

"Para as vítimas que partiram, nada mais se pode fazer a não ser rezar e pedir a Deus que descansem em paz, porém, para as famílias, vítimas da violência, àqueles que terão que conviver com a dor da perda e da saudade, o sentimento de impunidade aumenta ainda mais a dor e o que buscam é Justiça, para que outros não venham a passar pela dor que estão passando e essa tem sido a nossa luta...ajudá-los nessa busca por justiça...lutamos pela revisão do Código Penal!

Infelizmente essa corrente de solidariedade só cresce pela dor, pois as pessoas acham que a dor e tragédia só batem no quintal do vizinho e quando se deparam com uma tragédia dessas entendem a importância de se lutar por leis mais justas e pelo fim da Impunidade.

A "Lei da Impunidade 12.403" foi sancionada como uma alternativa para resolver o problema de super lotação dos presídios...a Pena de Morte também resolveria e não deixaria tantos assassinos livres para cometerem outros crimes. Mas a Pena de Morte só é permitida no Brasil para os assassinos que determinam sem dó e sem pena a hora que cada um deve partir e certos de que terão a seu favor a Lei para protegê-los. E as famílias resta a sentença perpétua...a de chorar e sofrer até o último dia de suas vidas a dor e saudades do ente querido e o sentimento de impunidade, de ver os assassinos soltos faz aumentar ainda mais essa dor, mas isso somente quem passou pela dor ou consegue se colocar no lugar dessas famílias é que pode entender.

Junte se a nós por amor...antes que alguém o faça pela dor" - diz o texto do convite enviado as Mães do Brasil.

A concentração será em frente ao colégio Santa Cruz (Avenida Arruda Botelho, 255 - Alto de Pinheiros, São Paulo.

Nota: Não poderei ir mais apoio a iniciativa, pois tive um primo - Leonardo Correia Dias da Cruz - atropelado quando realizava seu trabalho como Papa Fila na Linha Amarela do Rio de Janeiro. O atropelador até hoje está impune.

Por Wal Ferrão
wal.ferrao@portalkids.org.br

Um comentário:

Dicas Femininas disse...

Olá flor passando pra conhece seu blog , e adorei tudo vc esta de parabéns estou seguindo vou adora ter vc no meu blog beijos flor

http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/