09 maio 2012

A Dor, por Anderson Di Rizzi

Entrevistei o ator Anderson Di Rizzi no auge de seu sucesso como o guardinha Xavier da novela Morde & Assopra, na Globo. Depois fiz outra matéria com ele, quando recolheu na estrada uma cadelinha ferida, cuidou dela e a adotou. Nos tornamos amigos em rede social. Ontem, Anderson publicou em seu perfil um texto sobre a dor que achei muito oportuno e perguntei se poderia postá-lo aqui no blog, pois em nosso trabalho convivemos diariamente com a dor e aprendemos a superá-la. Anderson não só autorizou, como disse que seria uma honra. Segue então o texto do Anderson:

“Você é o maior responsável pela sua dor. Cabe a você, somente a você e não ao outro, compreendê-la. Busque sabedoria, cuide do seu espírito e do seu corpo! A partir daí, com a benção de Deus, o autoconhecimento lhe trará uma vida mais feliz. E a dor, até então enorme como uma montanha inabitada, solitária e escura, se tornará a sua casa. Um lugar onde você conhece e gosta, cheio de flores, árvores e pássaros. Terão cavernas e trilhas que lhe causarão medo, muito medo. Mas você irá percorrê-las, e perceberá que o medo foi você quem criou! Permita-se mais, ame-se mais.”

Anderson Di Rizzi

A foto é uma reprodução da tela Árvore da Esperança, de Frida Kahlo, de 1946, onde a pintora mexicana, que sofreu um acidente de bonde aos 18 anos,retratou a esperança de um dia ver-se livre do sofrimento que as sequelas causaram.

Um comentário:

Dulce Regina disse...

Deus o abençoe! Tudo que preciso fazer: levantar-me da solidão e me permitir viver mais intensamente, sorrir e levar as pessoas a serem felizes.Observar as pequenas grandes coisas da vida que nos proporcionam bem estar. Há 15 anos após a separação estou trancada dentro de mim mesma e isso tem proporcionado grandes males em minha vida.Afastei-me de todos e vivo trabalho, casa e igreja. Percebi lendo o texto que eu não tenho me permitido trilhar caminhos de felicidade. Obrigada!